ANDES-SN lança cartilha de combate ao racismo

Para ampliar o debate e o enfrentamento ao racismo estrutural na sociedade e nos espaços de aprendizagem, o ANDES-SN lançou a “Cartilha de Combate ao Racismo”. O material aborda temas como a construção do racismo na sociedade brasileira, a centralidade do feminismo negro na luta antirracista, a lei de cotas e as comissões de heteroidentificação. O texto foi elaborado pelo Grupo de Trabalho de Políticas de Classe, Étnicorracias, Gênero e Diversidade Sexual (GTPECGDS).
“Esta cartilha soma-se às estratégias de enfrentamento às opressões do Sindicato Nacional como as agendas de luta contra a LGBTTfobia (28/06), contra os assédios moral e sexual (17/10) e contra o racismo (22/11) nas universidades, nos Institutos Federais (IF) e nos Centros Federais de Educação Tecnológica (CEFET). Tais agendas, bem como os materiais de formação com essas temáticas são fundamentais para combater as opressões nos espaços educacionais”, aponta a introdução do material.
Caroline Lima, 1ª secretária do ANDES-SN e coordenadora do GTPCEGDS, ressalta a importância de que a cartilha seja lançada também pelas seções sindicais e secretarias regionais para fomentar a discussão sobre o combate ao racismo nas universidades, institutos e nos Cefet.
“A cartilha vai contribuir muito nos debates das universidades não só dentro do sindicato e das suas seções sindicais. O material dá uma contribuição não só política, mas também acadêmica, pois destaca intelectuais negras e negros que contribuíram muito para pensar a formação do nosso país e a desigualdade em nossa sociedade”, avalia Caroline.
A diretora do ANDES-SN aponta ainda que a cartilha, assim como o material de combate às opressões, assume grande importância na atual conjuntura. “As duas cartilhas se contrapõem a essa narrativa do ódio, da lgbtfobia, do machismo, do racismo nas instituições de ensino e precisam ser amplamente difundidas”, completa.
A cartilha de Combate ao Racismo foi lançada durante o II Seminário Nacional Integrado do GTPCEGDS, realizado no Rio de Janeiro, entre 30 de agosto e 1 de setembro. O encontro reuniu o IV Seminário Nacional de Mulheres do ANDES-SN; III Seminário Nacional de Diversidade Sexual e IV Seminário Nacional de Reparação e Ações Afirmativas.
Leia aqui a cartilha de Combate ao Racismo

Fonte:ANDES-SN –  Atualizado em 13 de Setembro de 2019 às 16h27

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *