15 de Maio: Greve da educação brasileira contra os cortes e em defesa de mais investimentos em educação Pública

Este dia 15 de maio é de greve  nacional da educação. As universidades, IFES e escolas vão paralisar suas atividades para chamar a atenção da população brasileira para os retrocessos que  podem ocorrer em todas as áreas como consequência dos Cortes feitos pelo governo no orçamento da educação, notadamente nas universidades e IFES. Além das pesquisas, programas de pós-graduação produção de vacinas, até mesmo a quantidade de vagas na graduação poderá ser afetada com esta política de Corte do Governo Federal. Essa realidade já foi, e ainda está sendo implementada em várias universidades Estaduais a exemplo da UERJ, UERN e UEPB.

Por isso o momento é de luta.

Todos devem participar e demonstrar que a educação não se faz com professores aulistas, mas com educadores engajados na produção de um conhecimento socialmente referenciado.

Caro professor, venha se somar a essa luta em defesa da universidade.

Diretoria da ADUEPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *