ANDES-SN divulga Carta de Salvador

O ANDES-SN divulgou, por meio da Circular 17/18, a Carta de Salvador, documento que sintetiza as discussões e deliberações do 37º Congresso do Sindicato Nacional, realizado na capital baiana, entre os dias 22 e 27 de janeiro. O maior congresso da história do ANDES-SN, em número de participantes e de seções sindicais, reuniu, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), 415 delegados, 122 observadores, que representaram 82 seções sindicais espalhadas nas Instituições de Ensino Superior de todo o país. O evento, instância máxima de deliberação do ANDES-SN, teve como tema “Em defesa da educação pública e dos direitos da classe trabalhadora. 100 anos da reforma Universitária de Córdoba”.
A Carta de Salvador lista as diversas deliberações aprovadas durante o congresso, por exemplo, o aprofundamento da luta contra medidas que atacam os trabalhadores, tais como: a PEC 287/16 da contrarreforma da previdência; a MP 805/17 e suas correlatas no plano dos estados, que aumentam a contribuição previdenciária de 11 para 14%; o PL 116/17, que estabelece regras para a demissão de servidor público estável por “insuficiência de desempenho”; e a MP 792/17 que trata de desligamento voluntário de servidores públicos.
O documento também traz a centralidade da luta do Sindicato Nacional 2018, definida no primeiro dia do Congresso: “Fortalecer a unidade de ação com os setores dispostos a barrar e revogar as contrarreformas. Construir as lutas e a greve do funcionalismo público federal, estadual e municipal em defesa da educação e dos serviços públicos e da garantia de direitos, rumo a uma nova greve geral. Fora Temer. Nenhum direito a menos”.

Leia aqui a Carta de Salvador

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *